No encalço de S. Martinho, fomos conhecer as tradições de outros países

Sabiam que o Dia de São Martinho se festeja um pouco por toda a Europa? Não? Então acompanhem-nos nesta viagem, por algumas das tradições mais apetitosas e luminosas que por estes dias se vivem (ficámos com vontade de importar algumas!):   

banner smartinho

Em Espanha San Martín marca o início da época da matança do porco. Uma tradição que deu origem a um ditado popular, bem-humorado: A cada cerdo le llega su San Martín, que é como quem diz: cá se fazem cá se pagam!

 

lanternas_kids.jpg

Em França e na Bélgica é o ganso que chega à mesa, nesta altura do ano, bem como as primeiras colheitas de vinho. Mas porquê ganso, perguntam vocês! Pois reza a história que Martinho foi, a certa altura da sua vida, a escolha do clero francês para bispo de Tours. Como Martinho não gostou da ideia, os colegas arranjaram forma de levá-lo, enganado, para Tours. Quando percebeu que queriam sagrá-lo bispo contra a sua vontade, escapou e foi esconder-se num estábulo. Por perto estava um ganso que fez tanto barulho que o denunciou. Martinho acabou por sagrar-se bispo, já o ganso, traidor, virou jantar até aos dias de hoje. 

 

Na Grã-Bretanha, começa-se um período de 40 dias de jejum, no dia seguinte ao Saint Martin’s Day. São os chamados “Quarenta Dias de São Martinho”, uma preparação espiritual para o Natal.   

 

Na Alemanha, as fogueiras iluminam as noites na rua e juntam amigos e familiares em seu redor. Bebe-se o tradicional Gluhwein, vinho quente, comem-se maçãs assadas com passas, outros frutos secos e molho de baunilha. Na Alemanha, como na Bélgica e noutros países da europa, organizam-se procissões, as chamadas Martins-Zuge, nas quais as crianças saem à noite com lanternas, cantando músicas e recebendo doces. À frente da procissão, em representação de São Martinho, vai um homem de capa vermelha, montado num cavalo.

 3.jpg

Em Itália, também se assam castanhas mas, como não podia deixar de ser, as iguarias não ficam por aí. O zeppole ou frittelle di San Martino é uma mistura de farinha de trigo e água que se frita e depois é recheada com queijo ricota ou nutella (passamos a publicidade). As tradições variam de norte a sul do país, com fogueiras nas montanhas de Trento e festas na animada Veneza. As crianças andam pelas ruas a fazer barulho com tachos, enquanto pedem caramelle o soldi.      

 

 

Em Portugal a tradição manda fazer um magusto! No dia 11, reúnem-se as famílias e/ou amigos à volta de umas castanhas assadas (se possível na brasa) e um copo de jeropiga ou água pé. Outra tradição que se vive por cá nestes dias é o verão de S.Martinho que (quase) sempre aparece para interromper os dias cinzentos e chuvosos de outono.